Lugares Bíblicos - Alexandria

Saiba onde fia a Alexandria

Alexandria

Alexandria é uma cidade do Egito; com uma população de cerca de 4,1 milhões de pessoas, é a segunda maior cidade do Egito, e o maior porto do país, servindo 80% das importações e exportações da cidade. Além disso, é um grande ponto turístico.

Alexandria se estende por 32 quilômetros na costa mediterrânica do centro-norte do Egito. É o local onde fica a famosa Biblioteca de Alexandria e é um importante centro industrial por causa do gás natural da cidade e dos poços de petróleo em Suez, uma outra cidade egípcia. Alexandria também foi um grande ponto de encontro entre a Europa, a África e a Ásia, porque a cidade beneficiou da ligação entre o mar Mediterrâneo e o mar Vermelho.

Nos tempos antigos, Alexandria foi uma das cidades mais importantes do mundo. Foi fundada em torno de um pequeno "vilarejo" em 331 a.C. por Alexandre, o Grande. Permaneceu como capital do Egito durante mil anos, até à conquista muçulmana do Egito, quando a capital passou a ser Futsat (que foi depois incorporada no Cairo).

Alexandria era conhecida pelo Farol de Alexandria (uma das sete maravilhas do mundo antigo), pela Biblioteca de Alexandria (a maior do mundo antigo) e pelas catacumbas de Kom el Shoqafa (uma das sete maravilhas do mundo medieval). A arqueologia marinha em Alexandria estava em curso no porto da cidade em 1994, e tem revelado detalhes de Alexandria antes da chegada de Alexandre, quando aí existia uma cidade chamada Rhakotis, no Período Ptolomaico. Fonte: Wikipédia.

Versículos bíblicos que citam a cidade de Alexandria:


E, achando ali o centurião um navio de Alexandria, que navegava para a Itália, nos fez embarcar nele. (Atos 27:6)

E chegou a Éfeso um certo judeu chamado Apolo, natural de Alexandria, homem eloqüente e poderoso nas Escrituras. (Atos 18:24)

E três meses depois partimos num navio de Alexandria que invernara na ilha, o qual tinha por insígnia Castor e Pólux. (Atos 28:11)


Leia mais . . .

Ilustração - O velho, o menino e o burro

Ilustrações e reflexões... Curioso Bíblico

O velho, o menino e o burro

Ó Deus, tu matarás decerto o ímpio; apartai-vos portanto de mim, homens de sangue. Pois falam malvadamente contra ti; e os teus inimigos tomam o teu nome em vão. (Salmos 139:19-20)

Não consegue agradar a todos? Então ouça essa ilustração:



OU CLIQUE "AQUI" PARA O DOWNLOAD EM ÁUDIO.
Leia mais . . .

O que Jesus fez - Jesus ensina a importância de um verdadeiro cristão.

Ensinos biblicos - Curioso Bíblico

Jesus ensina a importância de um verdadeiro cristão.

Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte; nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas no velador, e dá luz a todos que estão na casa. Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai, que está nos céus. (Mateus 5:13-16)


Jesus nos mostra através desse ensino que fomos feito com um propósito; agradar a Deus em tudo, e uma das coisas fundamentais que agradam a Deus é glorificar o seu nome, divulgar sua Palavra, manifestar suas obras, levar o conhecimento da salvação a todos os homens.

As vezes digo que algo que traz tanto efeito quanto pregar a Palavra de Deus, "e em alguns casos" traz mais efeito, é o bom comportamento conforme ensina a Palavra. Muitas pessoas ouvem os ensinos bíblicos de pessoas que não dão bom testemunho de cristãos e as vezes não vivem o que ensinam. Isso faz com que a credibilidade seja nula e a Palavra semeada não gere muitos ou bons frutos na vida daquele que a ouve.

Mas existem pessoas que se aproximam do Senhor por se sentirem atraídas pelo poder de Deus manifesto no bom comportamento do bom e verdadeiro cristão, que age com mansidão, respeito, sabedoria e busca a todo momento agradar ao Senhor com suas atitudes. Assim devemos ser e buscar viver constantemente. 

A luz de Deus deve ser irradiada atravéz de nossas vidas a fim de tirar o mundo das trevas, pois o mundo "jaz" no maligno, e não é do maligno, ele é de Deus e está contaminado pelo pecado. Cabe a nós ser verdadeiros cristãos e coloborar com Deus nessa grande tarefa de resgatar os perdidos. 
Leia mais . . .

O fogo estranho - Caio Fábio


Confira nessa mensagem um alerta para que você não seja enganado nem confundido. Leia a Bíblia e busque comunhão com Deus para ter discernimento entre o certo e o errado.
Leia mais . . .

Reflexão - As três peneiras

Reflexão bíblica no blog Curioso Bíblico

As três peneiras

Um homem, procurou um sábio e disse-lhe: - Preciso contar-lhe algo sobre alguém! Você não imagina o que me contaram a respeito de... Nem chegou a terminar a frase, quando Sócrates ergueu os olhos do livro que lia e perguntou: - Espere um pouco. O que vai me contar já passou pelo crivo das três peneiras? - Peneiras? Que peneiras? - Sim. A primeira é a da verdade. Você tem certeza de que o que vai me contar é absolutamente verdadeiro? - Não. Como posso saber? O que sei foi o que me contaram! - Então suas palavras já vazaram a primeira peneira. Vamos então para a segunda peneira: a bondade. O que vai me contar, gostaria que os outros também dissessem a seu respeito? - Não! Absolutamente, não! - Então suas palavras vazaram, também, a segunda peneira. Vamos agora para a terceira peneira: a necessidade. Você acha mesmo necessário contar-me esse fato, ou mesmo passá-lo adiante? Resolve alguma coisa? Ajuda alguém? Melhora alguma coisa? - Não... Passando pelo crivo das três peneiras, compreendi que nada me resta do que iria contar. E o sábio sorrindo concluiu: - Se passar pelas três peneiras, conte! Tanto eu, quanto você e os outros iremos nos beneficiar. Caso contrário, esqueça e enterre tudo. Será uma fofoca a menos para envenenar o ambiente e fomentar a discórdia entre irmãos. Devemos ser sempre a estação terminal de qualquer comentário infeliz! Da próxima vez que ouvir algo, antes de ceder ao impulso de passá-lo adiante, submeta-o ao crivo das três peneiras porque: Pessoas sábias falam sobre idéias; Pessoas comuns falam sobre coisas; Pessoas medíocres falam sobre pessoas. Autor: Sócrates.

Devemos meditar e nos esforçar severamente para viver conforme ensinam esses dois versículos bíblicos:

Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. (Filipenses 4:8)

Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem. (Efésios 4:29)




Leia mais . . .

Joice Meyer - Limpe sua mente - Download e vídeo

Mensagens e pregações...

Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano; e vos renoveis no espírito da vossa mente; e vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade. (Efésios 4:22-24)

CLIQUE NO TÍTULO ABAIXO PARA O DOWNLOAD DA MENSAGEM EM ÁUDIO:

OU ASSITA O VÍDEO ABAIXO:




Leia mais . . .

Reflexão - Peixes


Leia mais . . .

Reflexão - O pecado bate a porta

Reflexão da Palavra de Deus

O pecado bate a porta

E conheceu Adão a Eva, sua mulher, e ela concebeu e deu à luz a Caim, e disse: Alcancei do SENHOR um homem. E deu à luz mais a seu irmão Abel; e Abel foi pastor de ovelhas, e Caim foi lavrador da terra. E aconteceu ao cabo de dias que Caim trouxe do fruto da terra uma oferta ao Senhor. E Abel também trouxe dos primogênitos das suas ovelhas, e da sua gordura; e atentou o Senhor para Abel e para a sua oferta. Mas para Caim e para a sua oferta não atentou. E irou-se Caim fortemente, e descaiu-lhe o semblante. E o Senhor disse a Caim: Por que te iraste? E por que descaiu o teu semblante? Se bem fizeres, não é certo que serás aceito? E se não fizeres bem, o pecado jaz à porta, e sobre ti será o seu desejo, mas sobre ele deves dominar. E falou Caim com o seu irmão Abel; e sucedeu que, estando eles no campo, se levantou Caim contra o seu irmão Abel, e o matou. E disse o Senhor a Caim: Onde está Abel, teu irmão? E ele disse: Não sei; sou eu guardador do meu irmão? E disse Deus: Que fizeste? A voz do sangue do teu irmão clama a mim desde a terra. E agora maldito és tu desde a terra, que abriu a sua boca para receber da tua mão o sangue do teu irmão. Quando lavrares a terra, não te dará mais a sua força; fugitivo e vagabundo serás na terra. Então disse Caim ao Senhor: É maior a minha maldade que a que possa ser perdoada. Eis que hoje me lanças da face da terra, e da tua face me esconderei; e serei fugitivo e vagabundo na terra, e será que todo aquele que me achar, me matará. O Senhor, porém, disse-lhe: Portanto qualquer que matar a Caim, sete vezes será castigado. E pôs o Senhor um sinal em Caim, para que o não ferisse qualquer que o achasse. E saiu Caim de diante da face do Senhor, e habitou na terra de Node, do lado oriental do Éden. (Gênesis 4:1-16)

O premiado autor John Steinbeck costumava usar temas bíblicos em seus romances. 

No livro A Leste do Éden, ele descreve personagens que ilustram o conflito da inveja e da vingança, refletidos na história de Caim e Abel. Ele mostra como um coração inflamado com a vingança não precisa agir sobre este sentimento.

Existe sempre outra escolha. Ou seja, uma porta de escape que Deus nos dá. Quando o sacrifício de animais, feito por Abel, foi bem recebido por Deus, e a oferta de frutos, de Caim, foi rejeitada, Caim ardeu em ira (Gênesis 4:1-6). Mas o Senhor o admoestou, "saiba que o pecado o ameaça à porta; ele deseja conquistá-lo, mas você deve dominá-lo" (Gênesis 4:1-6). As palavras originais hebraicas retratam a figura de um animal raivoso, prestes a devorar sua presa. A ira e a inveja de Caim, se não fossem controladas, iriam "devorá-lo" em um comportamento destrutivo. Tragicamente, Caim cedeu a seus desejos malignos resultando no primeiro homicídio e no seu afastamento da presença do Senhor (Gênesis 4:8-16).

Pergunta:

Você guarda sentimentos de inveja ou raiva de alguém? Saiba que você tem uma escolha. Se você ignorar o conflito interno, ele só vai aumentar e dominará você. Porém, se você trouxer a sua raiva diante do Senhor e pedir a ajuda divina, terá a vitória na força do Senhor.

Um Pensamento:

Controle a sua ira, ou ela vai controlar você.


Autor: José Carlos Martinghi.
Leia mais . . .